Resenha: “A Canção dos Shenlongs”

Por em quarta-feira, 19 julho 2017
resenha-cancao-dos-shenlongs

Literatura de fantasia sempre me cativou. Não sou uma pessoa de ler milhares de livros, mas os mundos fantásticos criados por escritores como Tolkien, George Martin e C.S. Lewis me atraem, me fazem sentir parte desse mundo. Mas eu, como um praticante de artes marciais, ainda queria ler sobre uma aventura oriental, com monges e kung fu.

Eis que o autor estreante Diogo Andrade nos presenteia com A Canção dos Shenlongs, um livro prelúdio que conta a história dos monges de Shanjin, um dos quatro templos que se isolaram com a ascensão do império de housai. A história é contada pelos olhos de Mu, um jovem monge que, junto com seu “irmão” Ruk, foi levado ao templo ainda criança sob a tutela de Sarujin. Os dois crescem como habilidosos monges, porém, Ruk infringe as leis do templo e acaba expulso da ordem dos Shenlongs. Pra não encher o review de spoilers, paro por aqui.

A leitura é super simples, cativante, e te deixa com vontade de saber mais. O autor soube facilmente instigar o leitor com uma fascinante visão da mitologia oriental. O único ponto em que o livro peca é em seu tamanho, a história é tão rica e interessante que quando o livro termina, você sente que precisa conhecer mais aquele universo e o desenrolar da história. Felizmente, Diogo Andrade já está trabalhando na continuação onde provavelmente conheceremos outros templos e expandirá a visão dos acontecimentos.

O livro foi lançado há algum tempo na Amazon, apenas em versão digital. Muito embora a leitura com um Kindle ou semelhante fique mais agradável, é possível ler no celular, tablet, ou até mesmo no pc com o aplicativo Kindle. A leitura é mais do que recomendada e não foca no mais do mesmo, é um livro que veio com sua própria personalidade explorando um nicho pouco conhecido e o autor acertou em cheio com sua narrativa.

Link para o livro https://www.amazon.com.br/dp/B01M0D1XT6

Resenha: A Canção dos Shenlongs - Diogo Andrade

Designer, possuidor de um HD infinito para conhecimento nerd/inútil, adora HQ's e julga suas adaptações para séries e filmes (mas até que gosta de alguns resultados). Passa madrugadas jogando games ou assistindo séries e assiste desenhos até hoje. Espera um dia descobrir como usar a Força e se tornar um Jedi.

Comentários