Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?

Por em quinta-feira, 5 outubro 2017
resenha-androides-sonham-ovelhas

Sendo talvez o livro mais conhecido de Philip K. Dick, você certamente já viu, ou ouviu falar, do filme Blade Runner – O Caçador de Androides (1982), de Ridley Scott. O filme é baseado no livro e, quando digo baseado, é bem por aí mesmo, por conta das enormes diferenças, mas que ainda tornam as duas obras espetaculares.

Lançado em 1968, o livro se passa numa São Francisco pós-apocalíptica, onde a Terra está praticamente devastada após uma guerra global. A radiação fez com que a maioria das pessoas fosse incentivada a migrar para colônias fora da Terra, e pôs em extinção quase todos os animais do planeta. Então temos nosso protagonista, Rick Deckard, um caçador de recompensas que sonha em ter uma ovelha de verdade, e caça androides rebeldes para ganhar a vida.

Com uma pegada filosófica, onde o tempo todo entra em questionamento o que é ser humano e o que mais nos difere dos androides, a história corre de um modo mais dinâmico do que aparenta. Diferente de outras distopias onde o mundo e o meio são bastante explorados, temos aqui um livro onde o autor abusa do psicológico dos personagens. O tempo todo você fica com dúvidas sobre quem é humano ou androide, e se os androides merecem “viver” ou ser exterminados pelos humanos remanescentes na Terra. Sem falar no mercado de animais, que nada mais é que um meio de ostentação e prova de que você é uma pessoa de bem.

Com trechos que lembram bastante alguns conceitos do Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley, este livro de P. K. Dick te leva numa viagem pela sobrevivência de uns e pela busca de humanidade de outros.

Publicado pela Editora Aleph, o livro possui diversos extras, como uma carta de Dick aos produtores de Blade Runner, enaltecendo o filme e profetizando seu sucesso, a última entrevista concedida pelo autor e um posfácio escrito pelo jornalista, escritor e tradutor desta edição, Ronaldo Bressane. O livro vai completar 50 anos da primeira edição e a Aleph anunciou para outubro uma edição exclusiva com capa dura e diversas ilustrações assinadas por artistas nacionais e internacionais, dentre outros extras. Nesse mesmo mês (mais especificamente hoje), também acontece o lançamento de Blade Runner 2049 (2017), uma continuação do filme de 1982 com o retorno de Harrison Ford ao papel de Rick Deckard.

img-resenha-androides-sonham-ovelhas-01Esq.: Edição especial da Editora Aleph. Dir.: Pôster do novo filme.

Largou o curso de Letras Port/Inglês pra trabalhar como Técnico Telecom. O hobbie de DJ virou profissão alternativa e às vezes ganha um trocado com isso. Começou escrevendo resenhas e críticas na internet. Entrou no Afronte pra falar de filmes, mas tem um affair com música, séries e praticamente qualquer assunto. No meio disso tudo ainda arruma tempo pra estudar ADM.

Comentários