“Neuromancer” pode ganhar adaptação nas mãos do diretor de “Deadpool”

Por em quinta-feira, 10 agosto 2017
neuromancer-william-gibson-tim-miller

Em tempos de adaptações de clássicos e remakes de filmes que não deveriam ter remake, parece que finalmente vai sair do papel a ideia de adaptar pras telonas o livro Neuromancer – primeiro volume da trilogia Sprawl de William Gibson.

Apesar de não ter um elenco fechado e nem roteirista, Tim Miller foi contratado pra dirigir o longa. Pra quem não conhece, ele foi responsável (com um orçamento bem apertado) pela adaptação muito bem recebida de “Deadpool”.

A trilogia de Gibson faz parte daquele seleto grupo de escritores que praticamente previu o futuro. Sendo que, Neuromancer é basicamente o profeta da internet e todo o conceito de rede e universo virtual. Ou será que fomos nós quem seguimos seus passos e criamos o mundo desse jeito? A trilogia “Matrix” das irmãs Wachowski, por exemplo, foi baseada no universo de Gibson.

A história tem como foco o hacker Henry Dorsett Case que, depois de ter roubado seu contratante, foi banido da Matrix (literalmente um mundo virtual). Houve boatos que Mark Wahlberg estava na corrida para interpretar Case, mas ninguém confirmou nada. Pra quem quiser, a Editora Aleph lançou recentemente o box da trilogia com uma arte fantástica e, muito em breve você poderá ler uma resenha nossa sobre os livros aqui no Afronte.

Largou o curso de Letras Port/Inglês pra trabalhar como Técnico Telecom. O hobbie de DJ virou profissão alternativa e às vezes ganha um trocado com isso. Começou escrevendo resenhas e críticas na internet. Entrou no Afronte pra falar de filmes, mas tem um affair com música, séries e praticamente qualquer assunto. No meio disso tudo ainda arruma tempo pra estudar ADM.

Comentários